Notícias


Melhoria da performance e regresso aos resultados positivos - EBITDA do Grupo RAR cresceu 10% em 2014
2015-05-27


O EBITDA do Grupo RAR registou um aumento de 10% em 2014 para 54 milhões de euros, de acordo com o Relatório e Contas do Grupo, hoje divulgado. O volume de negócios situou-se nos 976 milhões de euros e os resultados líquidos do Grupo, atribuíveis à empresa-mãe, atingiram os 2,5 milhões de euros.

Ao mesmo tempo que se reforçou a performance operacional do Grupo, reduziu-se, uma vez mais, o passivo financeiro, conseguindo-se alcançar grande contenção do capital investido no negócio. A melhoria da performance de exploração e a contínua redução do nível de endividamento financeiro têm estado, aliás, no centro das atenções das empresas do Grupo RAR.

Principais empresas do Grupo crescem em volume e rendibilidade
A Colep teve um desempenho bastante sólido e positivo, quer em termos de crescimento de vendas quer do EBITDA. Em 2014, alcançou um volume global de negócios de cerca de 512 milhões de euros. A divisão de enchimento cresceu em volume e rendibilidade e a divisão de produção de embalagens também registou um crescimento significativo, alimentado pela procura nos aerossóis e na indústria de tintas. A operação no Brasil ficou abaixo do seu potencial, num mercado que desacelerou consideravelmente neste exercício. O início da atividade no México, por outro lado, situou-se acima das expectativas e apresenta boas perspetivas de novos contratos para 2015.

A Vitacress, empresa que concentra todas as operações do Grupo RAR no mercado de produtos frescos, também cresceu em vendas e rendibilidade, com uma boa evolução das operações de tomate e de ervas. As saladas também cresceram, ajudadas por um verão quente no Reino Unido e pelo posicionamento nos segmentos em maior crescimento. Este crescimento explica-se também pela integração das operações de saladas e ervas aromáticas sob a alçada de uma equipa de gestão única, que permitiu à Vitacress um desempenho global encorajador e um volume de negócios de 170 milhões de libras (211 milhões de euros).

A Imperial manteve a aposta na inovação e numa boa gestão das suas marcas, o que lhe permitiu manter uma performance em linha com o ano anterior e encerrar o exercício de 2014 com um volume de negócios de 27 milhões de euros. O bom desempenho das marcas da Imperial é bem visível através do crescimento alcançado, destacando-se as posições de liderança das marcas Regina, Pantagruel e Pintarolas.

A RAR Imobiliária viveu um ano de inflexão, com a atividade imobiliária a mostrar sinais de retoma. O ano de 2014 veio a confirmar-se bastante positivo em termos de volume de negócios e resultados, com um número significativo de vendas e arrendamentos nos empreendimentos em comercialização (“Edifício do Parque” e “Monchique”), assim como nos ativos imobiliários que o Grupo detém.

A RAR Açúcar continuou a viver um ambiente muito complexo, com forte pressão concorrencial dos operadores europeus – também estes muito afetados na sua exploração - que levou a uma queda bastante abrupta de preços. O cenário foi de perda global para praticamente todos os operadores do setor, sendo, por isso, expectável a recuperação futura dos preços para patamares razoavelmente mais elevados. Neste contexto de assinaláveis desafios e dificuldades, a RAR Açúcar registou um volume de negócios de 72 milhões de euros e mantém-se determinada na racionalização de custos e na otimização operacional, por forma a atingir a rentabilidade desejada, ultrapassadas que sejam as atuais e exógenas adversidades.

O desempenho do Grupo em 2014 é demonstrativo da dinâmica das suas operações em diferentes regiões do globo, que tem implícita uma estratégia de constante procura de inovação e uma avaliação permanente dos múltiplos fatores que podem contribuir para o sucesso dos seus negócios.


“Olhar sobre a RAR” comemora 15 anos
Desde 1999 que o Grupo RAR abre as portas das suas empresas ao olhar de artistas portugueses e inclui, nos seus Relatórios e Contas, os resultados dessa visão. Nisto consiste o projeto "Um Olhar sobre a RAR", que comemora, com a edição de 2014, 15 anos e que está disponível em umolharsobrea.rar.com.

O design gráfico dos Relatórios e Contas do Grupo RAR mereceu já o reconhecimento internacional por dois anos consecutivos, com a atribuição do "RedDot Design Award", em 2009 e 2010.